Artilheiros do Campeonato Carioca – 1906 – 2020

1906 – Horácio Costa Santos (Fluminense), 18 gols
1907 – Flávio Ramos (Botafogo), 6 gols
1908 – Edwin Cox (Fluminense), 14 gols
1909 – Flávio Ramos (Botafogo), 18 gols
1910 – Abelardo de Lamare (Botafogo), 22 gols
1911 – James Calvert (Fluminense), 7 gols
1912 – Harry Robinson (Paysandu), 25 gols (Liga Metropolitana de Sports Athleticos)
1912 – Mimi Sodré (Botafogo), 12 gols (Associação de Football do Rio de Janeiro)
1913 – Mimi Sodré (Botafogo), 13 gols
1914 – Bartholomeu “Barthô” (Fluminense), 10 gols
1915 – Welfare (Fluminense), 19 gols
1916 – Aluízio (Botafogo), 12 gols
1917 – Luiz Menezes (Botafogo), 16 gols
1918 – Luiz Menezes (Botafogo), 21 gols
1919 – Braz de Oliveira (São Cristóvão), 24 gols
1920 – Arlindo (Botafogo) e Claudionor “Bolão” (Bangu), 18 gols
1921 – Cecy (Villa Isabel), 15 gols
1922 – Braz de Oliveira (Carioca), 15 gols
1923 – Nonô (Flamengo), 17 gols
1924 – Telê (Andarahy), 17 gols (Liga Metropolitana de Desportos Terrestres)
1924 – Nilo (Fluminense), 28 gols (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos)
1925 – Nonô (Flamengo), 27 gols
1926 – Vicente (São Cristóvão), 25 gols
1927 – Nilo (Botafogo), 30 gols
1928 – Vicente (São Cristóvão), 21 gols
1929 – Russinho (Vasco) e Telê (America), 23 gols
1930 – Ladislau (Bangu), 20 gols
1931 – Russinho (Vasco), 17 gols
1932 – Preguinho (Fluminense), 21 gols
1933 – Nilo (Botafogo), 19 gols (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos)
1933 – Tião (Bangu), 13 gols (Liga Carioca de Futebol)
1934 – Bianco (Andarahy), 17 gols (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos)
1934 – Nélson (Flamengo), 10 gols (Liga Carioca de Futebol)
1935 – Ladislau (Bangu), 19 gols (Federação Metropolitana de Desportos)
1935 – China (Bonsucesso), 16 gols (Liga Carioca de Futebol)
1936 – Carvalho Leite (Botafogo), 15 gols (Federação Metropolitana de Desportos)
1936 – Hércules (Fluminense), 23 gols (Liga Carioca de Futebol)
1937 – Carreiro, Caxambu e Roberto (todos do São Cristóvão), 7 gols (Federação Metropolitana de Desportos)
1937 – Niginho (Vasco), 25 gols (Liga de Futebol do Rio de Janeiro)
1938 – Carvalho Leite (Botafogo) e Leônidas da Silva (Flamengo), 16 gols
1939 – Carvalho Leite (Botafogo), 22 gols
1940 – Leônidas da Silva (Flamengo), 30 gols
1941 – Pirillo (Flamengo), 39 gols
1942 – Heleno (Botafogo), 28 gols
1943 – João Pinto (São Cristóvão), 26 gols
1944 – Geraldino (Canto do Rio), 19 gols
1945 – Lelé (Vasco), 15 gols
1946 – Rodrigues (Fluminense), 28 gols
1947 – Dimas (Vasco), 18 gols
1948 – Octávio (Botafogo) e Orlando (Fluminense), 21 gols
1949 – Ademir (Vasco), 30 gols
1950 – Ademir (Vasco), 25 gols
1951 – Carlyle (Fluminense), 23 gols
1952 – Zizinho e Menezes (Bangu), 19 gols
1953 – Benítez (Flamengo), 22 gols
1954 – Dino da Costa (Botafogo), 24 gols
1955 – Paulinho (Flamengo), 23 gols
1956 – Waldo (Fluminense), 22 gols
1957 – Paulinho Valentim (Botafogo), 22 gols
1958 – Quarentinha (Botafogo), 20 gols
1959 – Quarentinha (Botafogo), 27 gols
1960 – Quarentinha (Botafogo), 25 gols
1961 – Amarildo (Botafogo), 18 gols
1962 – Saulzinho (Vasco), 18 gols
1963 – Bianchini (Bangu), 18 gols
1964 – Amoroso (Fluminense), 19 gols
1965 – Amoroso (Fluminense), 10 gols
1966 – Paulo Borges (Bangu), 16 gols
1967 – Paulo Borges (Bangu), 13 gols
1968 – Roberto (Botafogo), 13 gols
1969 – Flávio (Fluminense), 15 gols
1970 – Flávio (Fluminense), 18 gols
1971 – Paulo Cézar Lima “Caju” (Botafogo), 11 gols
1972 – Doval (Flamengo), 16 gols
1973 – Dario (Flamengo), 15 gols
1974 – Luizinho Lemos (America), 20 gols
1975 – Zico (Flamengo), 30 gols
1976 – Doval (Fluminense), 20 gols
1977 – Zico (Flamengo), 27 gols
1978 – Zico (Flamengo), Roberto ‘Dinamite’ (Vasco) e Cláudio Adão (Flamengo), 19 gols
1979 – Zico (Flamengo), 26 gols (Campeonato Especial)
1979 – Zico (Flamengo), 34 gols
1980 – Cláudio Adão (Fluminense), 20 gols
1981 – Roberto ‘Dinamite’ (Vasco), 31 gols
1982 – Zico (Flamengo), 21 gols
1983 – Luizinho Lemos (America), 22 gols
1984 – Baltazar (Botafogo) e Cláudio Adão (Bangu), 12 gols
1985 – Roberto ‘Dinamite’ (Vasco), 12 gols
1986 – Romário (Vasco), 20 gols
1987 – Romário (Vasco), 16 gols
1988 – Bebeto (Flamengo), 17 gols
1989 – Bebeto (Flamengo), 18 gols
1990 – Gaúcho (Flamengo), 14 gols
1991 – Gaúcho (Flamengo), 17 gols
1992 – Ézio (Fluminense), 15 gols
1993 – Valdir (Vasco), 19 gols
1994 – Túlio ‘Maravilha’ (Botafogo) e Charles Baiano (Flamengo), 14 gols
1995 – Túlio ‘Maravilha’ (Botafogo), 27 gols
1996 – Romário (Flamengo), 26 gols
1997 – Romário (Flamengo), 18 gols
1998 – Romário (Flamengo), 10 gols
1999 – Romário (Flamengo), 16 gols
2000 – Romário (Vasco), 19 gols
2001 – Edílson (Flamengo), 16 gols
2002 – Fábio (Volta Redonda), 16 gols
2003 – Fábio ‘Bala’ (Fluminense), 10 gols
2004 – Valdir (Vasco), 14 gols
2005 – Túlio ‘Maravilha’ (Volta Redonda), 12 gols
2006 – Dodô (Botafogo), 9 gols
2007 – Dodô (Botafogo) e Marcelo (Madureira), 13 gols
2008 – Wellington Paulista (Botafogo), 14 gols
2009 – Maicosuel (Botafogo), 12 gols
2010 – Vágner Love (Flamengo), 15 gols
2011 – Fred (Fluminense), 10 gols
2012 – Somália (Boavista) e Alecsandro (Vasco), 12 gols
2013 – Hernane (Flamengo), 12 gols
2014 – Edmílson (Vasco), 11 gols
2015 – Fred (Fluminense), 11 gols
2016 – Tiago Amaral (Volta Redonda), 10 gols
2017 – Guerrero (Flamengo), 10 gols
2018 – Pedro (Fluminense), 7 gols
2019 – Bruno Henrique (Flamengo), 8 gols
2020 – Gabriel “Gabgol” (Flamengo) e João Carlos (Volta Redonda), 8 gols

Trabalho de Revisão de Pedro Varanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.