Clube Atlético Taquaritinga (Taquaritinga – SP) – Temporada de 1983

Campeonato Paulista – 1ª Divisão

19.05.1983
Taquaritinga 0x2 Juventus (São Paulo – SP), em Taquaritinga – SP
22.05.1983
Taquaritinga 1×0 América (São José do Rio Preto – SP), em Taquaritinga – SP
29.05.1983
Taquaritinga 2×2 Portuguesa (São Paulo – SP), em São Paulo – SP
01.06.1983
Taquaritinga 0x1 Guarani (Campinas – SP), em Taquaritinga – SP
12.06.1983
Taquaritinga 0x0 Comercial (Ribeirão Preto – SP), em Ribeirão Preto – SP
19.06.1983
Taquaritinga 2×1 Botafogo (Ribeirão Preto – SP), em Taquaritinga – SP
22.06.1983
Taquaritinga 1×1 Santos (Santos – SP), em Santos – SP
26.06.1983
Taquaritinga 0x1 XV de Novembro (Jaú – SP), em Jaú – SP
03.07.1983
Taquaritinga 1×1 São Bento (Sorocaba – SP), em Taquaritinga – SP
06.07.1983
Taquaritinga 1×0 Ponte Preta (Campinas – SP), em Campinas – SP
10.07.1983
Taquaritinga 2×0 Corinthians (São Paulo – SP), em Taquaritinga – SP
13.07.1983
Taquaritinga 0x2 Ferroviária (Araraquara – SP), em Araraquara – SP
16.07.1983
Taquaritinga 0x0 Santo André (Santo André – SP), em Taquaritinga – SP
20.07.1983
Taquaritinga 0x0 Marília (Marília – SP), em Taquaritinga – SP
24.07.1983
Taquaritinga 1×2 Internacional (Limeira – SP), em Limeira – SP
27.07.1983
Taquaritinga 1×1 São Paulo (São Paulo – SP), em Taquaritinga – SP
31.07.1983
Taquaritinga 0x0 São José (São José dos Campos – SP), em São José dos Campos
04.08.1983
Taquaritinga 1×5 Palmeiras (São Paulo – SP), em São Paulo – SP
08.08.1983
Taquaritinga 2×0 Taubaté (Taubaté – SP), em Taquaritinga – SP
13.08.1983
Taquaritinga 1×2 Juventus (São Paulo – SP), em São Paulo – SP
21.08.1983
Taquaritinga 0x2 Ponte Preta (Campinas – SP), em Taquaritinga – SP
28.08.1983
Taquaritinga 0x2 São Paulo (São Paulo – SP), em São Paulo – SP
04.09.1983
Taquaritinga 1×0 São José (São José dos Campos – SP), em Taquaritinga – SP
07.09.1983
Taquaritinga 3×1 Marília (Marília – SP), em Marília – SP
11.09.1983
Taquaritinga 0x0 Comercial (Ribeirão Preto – SP), em Taquaritinga – SP
18.09.1983
Taquaritinga 1×1 Palmeiras (São Paulo – SP), em Taquaritinga – SP
21.09.1983
Taquaritinga 0x0 Santo André (Santo André – SP), em Santo André – SP
25.09.1983
Taquaritinga 1×0 Taubaté (Taubaté – SP), em Taubaté – SP
28.09.1983
Taquaritinga 1×4 Guarani (Campinas – SP), em Campinas – SP
02.10.1983
Taquaritinga 0x0 Ferroviária (Araraquara – SP), em Taquaritinga – SP
09.10.1983
Taquaritinga 2×0 Internacional (Limeira – SP), em Taquaritinga – SP
12.10.1983
Taquaritinga 0x1 América (São José do Rio Preto – SP), em São José do Rio Preto – SP
16.10.1983
Taquaritinga 1×0 Portuguesa (São Paulo – SP), em Taquaritinga – SP
19.10.1983
Taquaritinga 1×2 Corinthians (São Paulo – SP), em São Paulo – SP
23.10.1983
Taquaritinga 1×3 São Bento (Sorocaba – SP), em Sorocaba – SP
26.10.1983
Taquaritinga 3×1 XV de Novembro (Jaú – SP), em Taquaritinga – SP
30.10.1983
Taquaritinga 0x1 Botafogo (Ribeirão Preto – SP), em Ribeirão Preto – SP
06.11.1983
Taquaritinga 0x3 Santos (Santos – SP), em Taquaritinga – SP

Amistosos Nacionais

10.02.1983
Taquaritinga 0x1 XV de Novembro (Piracicaba – SP), em Taquaritinga – SP
27.02.1983
Taquaritinga 0x1 Velo Clube (Rio Claro – SP), em Rio Claro – SP
02.03.1983
Taquaritinga 0x1 Guaçuano (Mogi Guaçu – SP), em Mogi Guaçu – SP
13.03.1983
Taquaritinga 1×1 Lemense (Leme – SP), em Leme – SP
20.03.1983
Taquaritinga 0x0 América (São José do Rio Preto – SP), em Taquaritinga – SP
03.04.1983
Taquaritinga 4×1 XV de Novembro (Jaú – SP), em Taquaritinga – SP
06.04.1983
Taquaritinga 0x1 América (São José do Rio Preto – SP), em Taquaritinga – SP
10.04.1983
Taquaritinga 2×2 Comercial (Ribeirão Preto – SP), em Taquaritinga – SP
14.04.1983
Taquaritinga 0x1 Catanduvense (Catanduva – SP), em Catanduva – SP
21.04.1983
Taquaritinga 1×1 Matsubara (Cambará – PR), em Cambará – PR
24.04.1983
Taquaritinga 2×2 Matsubara (Cambará – PR), em Taquaritinga – SP
01.05.1983
Taquaritinga 2×5 Cruzeiro (Belo Horizonte – MG), em Taquaritinga – SP
08.05.1983
Taquaritinga 0x0 Marília (Marília – SP), em Taquaritinga – SP
11.11.1983
Taquaritinga 1×0 Jaboticabal (Jaboticabal – SP), em Jaboticabal – SP
20.11.1983
Taquaritinga 2×1 América (São José do Rio Preto – SP), em Taquaritinga – SP

Fonte: Vicente Henrique Baroffaldi

Seletiva Potiguar para o Campeonato Brasileiro – 1979

Em 1979 o Rio Grande do Norte teve três vagas no Campeonato Brasileiro. America e ABC (campeão e vice estadual) respecitivamente se classificaram. O Baraúnas foi o 3º colocado, mas como não previa no regulamento a terceira vaga foi definida em uma seletiva, entre os dois grandes rivais mossoroenses em partida única.

Potiguar 3×2 Baraúnas / Data: 20 de junho de 1979 / Local: Estádio Nogueirão, em Mossoró – RN / Árbitro: Manuel Amaro de Lima / Renda: Cr$ 252.740,00 / Gols: Romildo aos 36 min, Chico Alves aos 51 min, Chico Alves aos 66 min, Ananias aos 71 min e Anchieta aos 88 min / Potiguar: Índio; Edivaldo Morais, Jotabê, Nivaldo e Marinho; Ubirani, Odilom e Ananias; Chico Alves, Boaventura (Guilherme) e Sinomar. Técnico: Renê Dantas / Baraúnas: Floriano; Vildomar, Tito, Anchieta e Assis (Dão); Magela, Neto e Binha; Zé Augusto (Ribeiro), Nêgo Chico e Romildo. Técnico: Erandir Montenegro

Fonte: Ricardo Amaral

O Clássico “Ferro – ADA”

O clássico de Araraquara entre  Ferroviária e ADA (Ferro-ADA) durante a sua existência dividia a cidade em dia de jogo. Foram poucas partidas, mas o suficiente para fazer vibrar a massa torcedora araraquarense. Abaixo a ficha da história deste clássico:

Ferroviária 4×3 ADA / 10 de agosto de 1952 / Estádio Municipal de Araraquara / Amistoso Nacional / Árbitro: Licínio Perseguitti / Gols: Américo, Lula, Elvo, Russo (2), Dirceu e Osvaldo / ADA: Alfredo; Montinho e Haroldo; Dirceu, Azambuja (Benjamin) e Izan; Lula, Zeferino (Gaeta), Elvo, Américo e Oliveira / Ferroviária: Sandro; Sarvas e Avelino; Pierre, Gaspar e Porunga; Omar, Luiz Rosa (Dirceu), Russo, Zé Amaro e Dirceu (Osvaldo). Técnico: Zezinho

ADA 1×0 Ferroviária / 17 de agosto de 1952 / Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara / Amistoso Nacional / Árbitro: Abílio Frignani / Gol: Elvo / Ferroviária: Sandro; Sarvas e Avelino; Pierre, Gaspar e Porunga; Omar, Luiz Rosa, Russo, Zé Amaro e Dirceu. Técnico: Zezinho / ADA: Alfredo; Montinho e Haroldo; Dirceu, Lanzudo (Azambuja) e Benjamin (Izan); Lula, Gaeta, Elvo, Américo e Oliveira. Técnico: José de Andrade

ADA 2×2 Ferroviária / 26 de outubro de 1952 / Estádio Municipal de Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª Divisão – 1952 / Árbitro: João Etzel / Gols: Aroldo (2) e Osvaldo (2) / ADA: Alfredo; Montinho e Izan; Dirceu, Lanzudo e Benjamin; Lula, Edson, Aroldo, Zeferino e Oliveira / Ferroviária: Julião; Sarvas e Avelino; Pierre, Gaspar e Porunga; Omar, Luiz Rosa, Russo, Zé Amaro e Osvaldo. Técnico: Zezinho

Ferroviária 3×2 ADA / 25 de janeiro de 1953 / Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª Divisão – 1952 / Árbitro: Antônio Musitano / Gols: Omar (2) e Vaguinho, Lula e Jarbas / Ferroviária: Sandro; Sarvas e Espanador; Tiana, Gaspar e Pierre; Omar, Luiz Rosa, Vaguinho, Zé Amaro e Dirceu. Técnico: Abel Picabéa / ADA: Alfredo; Lanzudo e Izan; Gaeta, Antoninho e Benjamin; Lula, Jarbas, Elvo, 109 e Edson

Ferroviária 3×2 ADA / 27 de dezembro de 1953 / Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª Divisão – 1953 / Árbitro: Francisco Ceschini / Gols: Boquita (2), Tec e Cabelo (2) / Ferroviária: Fia; Pierre e Pixo; Dirceu, Gaspar e Henrique; Tec, Augusto, Vaguinho, Zé Amaro e Boquita. Técnico: Caetano de Domênico / ADA: Sandro; Saltore e Avelino; Braga, Itamar e Montinho; Afonso, Jarbas, Cabelo, Waldemar e Oliveira

ADA 1×1 Ferroviária / 14 de fevereiro de 1954 / Estádio Municipal de Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª Divisão – 1953 / Árbitro: Manoel Augusto de Souza / Gols: Oliveira e Vaguinho / ADA: Sandro; Saltore e Avelino; Joãozinho, Braga e Monte; Afonso, Cabelo, Elvo, Waldemar e Oliveira / Ferroviária: Fia; Pierre e Tato; Diógenes, Gaspar e Henrique; Augusto, Tec, Vaguinho, Zé Amaro e Boquita. Técnico: Armando Renganeschi

Ferroviária 5×0 ADA / 13 de novembro de 1955 / Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª Divisão – 1955 / Árbitro: Benedito Francisco / Gols: Paulinho (2), Bazzani, Gomes e Boquita / Ferroviária: Fia; Elcias e Ferraciolli; Dirceu, Pixo e Itamar; Paulinho, Cardoso, Gomes, Bazzani e Boquita. Técnico: Clóvis Van Dick / ADA: Mingão; Pimentel e Monte; Joãozinho, Nelson e Tim; Didié, Velasques, tomate, Cabelo e Tom Mix

ADA 4×2 Ferroviária / 18 de dezembro de 1955 / Estádio Municipal de Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª Divisão – 1955 / Árbitro: João Rela Filho / Gols: Maravilha, Monte (2), Cabelo, Boquita e Cardoso / ADA: Mingão; Cinzeiro e Monte; Joãozinho, Nelson e Alípio; Paulinho, Cabelo, Maravilha, Mário e Tom Mix / AFE: Fia; Elcias e Ferraciolli; Dirceu, Pixo e Itamar; Paulinho, Cardoso, Bazzani, Marinho e Boquita. Técnico: Clóvis Van Dick

Ferroviária 4×2 ADA / 15 de janeiro de 1956 / Estádio Municipal de Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª Divisão – 1955 / Árbitro: Catão Montez Júnior / Gols: Tom Mix, Maravilha, Pixo, Gomes, Cardoso e Dirceu / ADA: Mingão; Cinzeiro e Monte; Joãozinho, Nelson e Alípio; tomate, Cabelo, Maravilha, Waldemar e Tom Mix / Ferroviária: Fia; Elcias e Ferraciolli; Dirceu, Pixo e Itamar; Paulinho, Cardoso, Gomes, Marinho e Boquita. Técnico: Clóvis Van Dick

Ferroviária 4×1 ADA / 11 de março de 1956 / Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara / Campeonato Paulista – 2ª  Divisão – 1955 / Árbitro: Benedito Francisco / Gols: Boquita (2), Cardoso, Bazzani e Maravilha / Ferroviária: Fia; Elcias e Ferraciolli; Dirceu, Izan e Itamar; Paulinho, Cardoso, Gomes, Bazzani e Boquita. Técnico: Clóvis Van Dick (Capilé) / ADA: Mingão; Monte e Cinzeiro; Joãozinho, Nelson e Alípio; Paulo, Didié, Maravilha, Waldemar e Tom Mix

Ferroviária 3×2 ADA / 29 de abril de 1956 / Estádio Municipal de Araraquara / Amistoso Nacional / Árbitro: Casemiro Gomes / Gols: Gomes (2), Paulinho, Izan (contra) e Tom Mix / Ferroviária: Fia; Izan (Elcias) e Ferraciolli; Dirceu, Pixo e Itamar; Jaime (Paulinho), Cardoso, Gomes, Bazzani e Jarbas (Marinho. Técnico: Clóvis Van Dick / ADA: Mingão (Jairo); Monte e Cinzeiro; Catô (Joãozinho), Braga e Tim (Alípio); Paulo, Didié, Cabelo (Pimentel), Waldemar (Velasquez) e Tom Mix

Fonte: Vicente Baroffaldi

Excursão da Ferroviária (SP) a América do Sul e Central em 1963

Ferroviária 4×0 Cucutá Deportivo (Colômbia)
Data: 20 de janeiro de 1963
Local: Cucutá – Colômbia

Ferroviária 0x1 Deportivo Pereira (Colômbia)
Data: 23 de janeiro de 1963
Local: Pereira – Colômbia

Ferroviária 4×5 Once Caldas (Colômbia
Data: 27 de janeiro de 1963
Local: Manizales – Colômbia

Ferroviária 6×0 Atlético Nacional (Colômbia)
Data: 30 de janeiro de 1963
Local: Medellín – Colômbia

Ferroviária 2×1 Deportivo Independiente (Colômbia)
Data: 03 de fevereiro de 1963
Local: Medellín – Colômbia

Ferroviária 2×0 Deportivo Atlântico (Colômbia)
Data: 08 de fevereiro de 1963
Local: Barranquilla – Colômbia

Ferroviária 3×1 Unión Magdalena (Colômbia)
Data: 10 de fevereiro de 1963
Local: Santa Marta – Colômbia

Ferroviária 7×0 Deportivo Barranca (Colômbia)
Data: 12 de fevereiro de 1963
Local: Barrancabermeja – Colômbia

Ferroviária 3×0 Seleção do Panamá
Data: 15 de fevereiro de 1963
Local: Cidade do Panamá – Panamá

Ferroviária 4×0 Seleção de Honduras
Data: 17 de fevereiro de 1963
Local: Tegucigalpa – Honduras

Ferroviária 3×0 Seleção de El Salvador
Data: 24 de fevereiro de 1963
Local: San Salvador – El Salvador

Ferroviária 2×0 Seleção Municipal (Guatemala)
Data: 27 de fevereiro de 1963
Local: Cidade da Guatemala – Guatemala

Ferroviária 2×1 Seleção da Guatemala
Data: 03 de março de 1963
Local: Cidade da Guatemala – Guatemala

Ferroviária 1×0 Seleção da Guatemala
Data: 06 de março de 1963
Local: Cidade da Guatemala – Guatemala

Ferroviária 4×1 Seleção de El Salvador
Data: 10 de março de 1963
Local: San Salvador – El Salvador

Ferroviária 1×2 Seleção da Costa Rica
Data: 12 de março de 1963
Local: San José – Costa Rica

Fonte: Vicente Baroffaldi

Excursão do Internacional (RS) ao Rio de Janeiro em 1937

Em setembro de 1937, o Sport Club Internacional de Porto Alegre realizou uma breve excursão ao Rio de Janeiro onde realizou três partidas. Abaixo as fichas técnicas destas partidas:

Internacional 3×4 Fluminense (Rio de Janeiro – RJ) / Data: 26 de setembro de 1937 / Local: Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro – RJ / Árbitro: Guilherme Gomes / Gols: Alfredo, Hércules, Sandro, Tim, Miguel, Silvio e Castilhos / Internacional: Penha, Berto (Simão) e Risada, Zezé, Brandão (Artigas) e Levy, Negrito (Laxixa), Salvador, Sylvio, Miguel e Castilhos / Fluminense: Batatais, Campos (Marcial) e Machado, Dantamaria, Brandt e Orozimbo, Mascote, Romeu, Alfredo (Sandro), Tim e Hércules

Internacional 1×5 América (Rio de Janeiro – RJ) / Data: 28 de setembro de 1937 / Local: Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro – RJ / Árbitro: Sanches Dias / Gols: Nelson (2), Plácido (2), Waldir e Sylvio / Internacional: Penha (Júlio), Berto (Sady) e Zezé (Simão), Artigas (Silveirinha) e Levy, Negrito, Salvador, Sylvio, Miguel e Castilhos / AMÉRICA: Thadeu, Vital e Badu, Brito (Allemão), Munt (Og) e Possato, Waldir (Carola), Plácido (Oscar), Nelson e Pirica

Internacional 1×2 Flamengo (Rio de Janeiro – RJ) / Data: 30 de setembro de 1937 / Local: Estádio da Laranjeiras, no Rio de Janeiro – RJ / Árbitro: Carlos Monteiro / Gols: Leônidas, Cosso e Brandão / Internacional: Penha, Artigas e Risada, Zezé, Brandão e Levy, Negrito, Salvador, Sylvio, Miguel (Laxixa) e Castilhos / Flamengo: Talladas, Carlos Alves (Villa) e Natal, Caldeira (Barbosa), Valido (Engel) e Arcádio Lopez, Sá, Leônidas (Cosso) Cosso (Valido), Engel (Caldeira) e Carlinhos

Fonte: Jorge Costa

Excursão da Ferroviária (SP) a América Central em 1968

Ferroviária 2×1 Seleção da Costa Rica
Data: 07 de novembro de 1968
Local: San José – Costa Rica

Ferroviária 0x1 Seleção da Costa Rica
Data: 10 de novembro de 1968
Local: San José – Costa Rica

Ferroviária 1×0 Seleção de Honduras
Data: 14 de novembro de 1968
Local: Tegucigalpa – Honduras

Ferroviária 2×0 Seleção de Honduras
Data: 17 de novembro de 1968
Local: Tegucigalpa – Honduras

Ferroviária 1×0 Seleção de El Salvador
Data: 21 de novembro de 1968
Local: San Salvador – El Salvador

Ferroviária 5×2 Municipal (Guatemala)
Data: 24 de novembro de 1968
Local: Cidade de Guatemala – Guatemala

Ferroviária 2×0 Comunicaciones (Guatemala)
Data: 26 de novembro de 1968
Local: Cidade de Guatemala – Guatemala

Ferroviária 2×2 Seleção do Haiti
Data: 29 de novembro de 1968
Local: Port au Prince – Haiti

Ferroviária 0x0 Seleção do Haiti
Data: 01 de dezembro de 1968
Local: Port au Prince – Haiti

Ferroviária 3×2 Atlético Junior (Colômbia)
Data: 04 de dezembro de 1968
Local: Barranquilla – Colômbia

Ferroviária 2×0 Atlético Bucaramanga (Colômbia)
Data: 13 de dezembro de 1968
Local: Bucaramanga – Colômbia

Ferroviária 1×0 Atlético Bucaramanga (Colômbia)
Data: 15 de dezembro de 1968
Local: Bucaramanga – Colômbia

Ferroviária 1×1 Atlético Nacional (Colômbia)
Data: 17 de dezembro de 1968
Local: Medellin – Colômbia

Fonte: Vicente Henrique Baroffaldi

Troféu Memorial Cecchi Gori (Itália) – 1997

Data: 05 de agosto de 1997
Local: Florença – Itália

1º jogo – Lazio 2×0 Sãocarlense
2º jogo – Fiorentina 1×0 Sãocarlense
3º jogo – Fiorentina 1×1 Lazio (4×3 pen)

Campeã – Associazione Calcio Fiorentina

Fonte: Braz Leme

Excursão do São Cristóvão (RJ) ao Nordeste em 1927

São Cristóvão 2×1 Ypiranga (Salvador – BA)
Data: 30 de janeiro de 1927
Local: Salvador – BA

São Cristóvão 4×1 Vitória (Salvador – BA)
Data: 02 de fevereiro de 1927
Local: Salvador – BA

São Cristóvão 3×1 Botafogo (Salvador – BA)
Data: 06 de fevereiro de 1927
Local: Salvador – BA

São Cristóvão 3×3 Bahiano de Tênis (Salvador – BA)
Data: 11 de fevereiro de 1927
Local: Salvador – BA

São Cristóvão 3×0 Seleção de Salvador (Salvador – BA)
Data: 13 de fevereiro de 1927
Local: Salvador – BA

São Cristóvão 5×0 Santa Cruz (Recife – PE)
Data: 17 de fevereiro de 1927
Local: Recife – PE

São Cristóvão 5×1 Sport (Recife – PE)
Data: 20 de fevereiro de 1927
Local: Recife – PE

São Cristóvão 3×1 Torre (Recife – PE)
Data: 22 de fevereiro de 1927
Local: Recife – PE

Fonte: Raymundo Quadros

Sunshine International Series (Estados Unidos) – 1982

24/julho/1982
Ipswich Town(ING) 3×1 Tampa Bay Rowdies, em Tampa – Estados Unidos
São Paulo(BRA) 2×1 Fort Lauderdale Strickers(EUA), em Fort Lauderdale – Estados Unidos

28/julho/1982
São Paulo(BRA) 3×2 Tampa Bay Rowdies(EUA), em Tampa – Estados Unidos
Ipswich Town(ING) 1×0 Fort Lauderdale Strickers(EUA), em Fort Lauderdale – Estados Unidos

31/julho/1982
São Paulo(BRA) 1×0 Ipswich Town(ING), em Tampa – Estados Unidos
Fort Lauderdale Strickers(EUA) 3×1 Tampa Bay Rowdies(EUA), em Tampa – Estados Unidos

Campeão – São Paulo Futebol Clube (Brasil)

Fonte: Décio Chichiuc Vital

Excursão do Madureira (RJ) a Bahia em 1937

Madureira 2×1 Bahia / 11 de julho de 1937 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Dante Correia da Silva / Gols: Romeu, Bahiano (contra) e Bahia / Madureira: Onça, Norival (Olheiro) e Cachimbo; Gringo, Paulista e Alcides; Adilson, Almir, Bahia, Julinho e Popó (Cachimbo) / Bahia: Maia, Bahiano (Seabra) e Tarzan; Moraes, Guga e Gia (Nouca); Pedro Amorim, Limoeiro (Gildo), Romeu, Tintas e Nenem

Madureira 6×1 Botafogo / 16 de julho de 1937 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Juvencio Magalhães (1º tempo) e Dante de Sousa (2º tempo) / Gols: Bahia (2), Julinho (2), Adilson, Didi e Almir / Madureira: Onça, Norival e Cachimbo; Gringo, Paulista e Alcides; Adilson, Almir, Bahia, Julinho e Popó / Botafogo: Armando, Sá Filho e Hugo; Mila (Oscar), J.Paulo e Jayme; Pelágio (Amaro), Limoeiro (Didi), Henrique (Romeu), Ignácio e Lindinho

Madureira 1×2 Ypiranga / 18 de julho de 1937 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Dante Correia da Silva / Gols: Julinho, Tintas e Gildo / Madureira: Onça, Norival e Cachimbo; Gringo, Damasco (Paulista) e Alcides; Adilson (Dentinho), Almir, Paulista (China), Julinho e Popó / Ypiranga: Dias, Incêndio e Silvino (Murillo); Buzzine, Henrique (Andrade) e Leovegildo; Gildo, Novinha, Vareta, Didi (Tintas) e Gustavo

Madureira 1×4 Galícia / 22 de julho de 1937 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Juvencio Magalhães / Gols: Dedé, Bermudes, Almir, Palito e Dedé / Madureira: Onça, Norival e Tuica; Gringo, Paulista e Alcides; Adilson, Almir, Bahia (China), Julinho e Popó / Galícia: De Vecchi, Carapicu e Macoco (Bubu); Gradim, Ferreira e Walter; Dedé, Servílio, Palito, Bermudes (Mozart) e Moela

Fonte: Alexandre Lima

Excursão do Fluminense (RJ) a Bahia em 1923

Fluminense 3×1 AA da Bahia / 01 de abril de 1923 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Antônio Fernandes Dias / Gols: Welfare (2), Zezé e Nadinho / Fluminense: Alberto Ramos, Chico Netto e Motta Maia; Lais, Bordallo e Fortes; Sampaio Vianna, Zezé, Welfare, Coelho e Moura Costa / AA da Bahia: Ilo, Claudio e Santinho; Neblina, Nebulosa e César; Scott, Nadinho, Todd, Liberato e Velloso

Fluminense 1×1 Vitória / 05 de abril de 1923 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Armando Cunha / Gols: Popó e Coelho / Fluminense: Alberto Ramos, Motta Maia e Chico Netto; Lais, Bordallo e Fortes; Sampaio Vianna, Zezé, Welfare, Coelho e Moura Costa / Vitória: Renato, Oswaldo e Maroto; Gaspar, Popó e Neco; Britto, Joaquim, Aloysio, Juca e Mirandinha

Fluminense 2×0 Bahiano de Tênis / 08 de abril de 1923 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Anisio Silva / Gols: Zinho (contra) e Zezé / Fluminense: Alberto Ramos, Motta Maia e Chico Netto; Lais, Bordallo e Fortes; Sampaio Vianna, Zezé, Vinhaes, Coelho e Moura Costa / Bahiano de Tênis: Zinho, Agostinho e Perez; Sampaio, Varella e Tournillon; Carlinhos, Vivi, Antoninho, Petiot e Dória

Fluminense 1×2 Botafogo / 12 de abril de 1923 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: João Nova / Gols: Durval, Manteiga e Vinhaes / Fluminense: Alberto Ramos, Chico Netto e Motta Maia; Lais, Bordallo e Fortes; Sampaio Vianna, Zezé, Vinhaes, Coelho e Moura Costa / Botafogo: Aragão, Durval e Pedro; Mica, Mamede e Ariri; Miranda, Astério, Armindo, Manteiga e Lacerdinha

Fluminense 4×5 Seleção da Liga Bahiana de Desportos Terrestres / 15 de abril de 1923 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Anisio Silva / Gols: Popó (5), Zezé (2) e Coelho (2) / Fluminense: Alberto Ramos, Chico Netto e Motta Maia; Lais, Bordallo e Fortes; Sampaio Vianna, Zezé, Vinhaes, Coelho e Moura Costa / Seleção: Ilo, Durval e Perez; Mica, Varella e Tournillon; Lago, Joaquim, Popó, Manteiga e Lacerdinha

Fluminense 2×0 Botafogo / 19 de abril de 1923 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Francisco Freire de Carvalho / Gols: Zezé (2) / Fluminense: Alberto Ramos, Motta Maia e Chico Netto; Lais, Bordallo e Fortes; Sampaio Vianna, Zezé, Vinhaes, Coelho e Moura Costa / Botafogo: Aragão, Durval e Pedro; Mica, Mamede e Ariri; Miranda, Astério, Dezessete, Manteiga e Lacerdinha

Fonte: Alexandre Lima

Torneio Quadrangular da Bahia – 1951

Equipes Participantes:

Associação Portuguesa de Desportos (São Paulo – SP)
Esporte Clube Bahia (Salvador – SP)
Esporte Clube Vitória (Salvador – SP)
Esporte Clube Ypiranga (Salvador – SP)

Turno Único

Ypiranga 1×0 Bahia / 08 de julho de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Antônio Muzitano / Gol: Chaves / Ypiranga: Ferrari (Aníbal), Pequeno e Valder; Zizo, Chaves e Hildebrando; Marito, Antônio Mário, Bernardo (Almirinho), Israel e Alderoni (Gugú) / Bahia: Leça (Zaluar), Arnaldo e Nilton; Pedrinho, Ivon e Tóia; Camerino, Miro (Teco), Carlito (Alfredo), Teco (Tuta) e Elias (Juca)

Portuguesa 3×1 Vitória / 08 de julho de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Mario Monteiro / Gols: Pinga (3) e Maneca / Portuguesa: Muco (Aldo), Haroldo e Jacob; Santos, Brandãozinho e Ceci; Julinho, Rubens, Renato, Pinga e Leopoldo / Vitória: Periperi, Alírio e Joel; Cláudio, Diogo e Bombeiro; Maneca, Viana, Nouca (Joãozinho), Joãozinho (Juvenal) e Dedé

Bahia 1×1 Vitória / 11 de julho de 1951 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: José Peixoto Nova / Gols: Nouca e Zé Hugo / Bahia: Leça, Arnaldo e Nilton; Pedrinho, Ivon e Tóia; Camerino (Alfredo), Teco, Zé Hugo, Tuta e Elias (Miro) / Vitória: Periperi, Alírio e Joel (Jorge Tachard); Cláudio, Totinha (Paulo) e Bombeiro; Maneca, Viana, Nouca (Bionga), Juvenal e Dedé

Portuguesa 6×1 Ypiranga / 11 de julho de 1951 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Antônio Muzitano / Gols: Julinho (3), Pinga, Rubem, Renato e Marito / Portuguesa: Muco, Isan e Jacob; Santos, Brandãozinho e Ceci; Julinho, Rubens, Renato, Pinga e Leopoldo / Ypiranga: Ferrari, Pequeno e Valder (Albertão); Zizo, Chaves e Raimundo I (Hildebrando); Marito, Chaves, Novinha, Israel (Bernardo) e Antônio Mário

Vitória 3×1 Ypiranga / 15 de julho de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Mario Monteiro / Gols: Juvenal, Bionga, Dedé e Antônio Mário / Vitória: Periperi, Alírio e Joel; Cláudio, Totinha e Bombeiro; Maneca, Viana, Nouca (Bionga), Juvenal e Dedé / Ypiranga: Ferrari, Pequeno (Prego) e Valder; Zizo, Chaves e Hildebrando (Vandú); Antônio Mário, Novinha, Chaves, Israel (Bernardo) e Marito

Bahia 1×1 Portuguesa / 15 de julho de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Antônio Muzitano / Gols: Carlito e Pinga / Bahia: Zaluar, Arnaldo e Nilton; Evilásio (Dario), Ivon e Tóia (Evilásio); Alfredo, Teco, Carlito, Tuta e Juca / Portuguesa: Muco, Haroldo e Jacob (Nino); Santos, Brandãozinho e Ceci; Julinho, Rubens, Renato (Niquinho), Pinga e Leopoldo

Campeão – Associação Portuguesa de Desportos (São Paulo – SP)

Fonte: Alexandre Lima

Sunshine International Series (Estados Unidos) – 1983

25/maio/1983
Manchester City(ING) 1×0 Tampa Bay Rowdies(EUA), em Tampa – Estados Unidos
Fort Lauderdale Strickers(EUA) 3×1 XV de Novembro(BRA), em Fort Lauderdale – Estados Unidos

28/maio/1983
Tampa Bay Rowdies(EUA) 3×1 XV de Novembro(BRA), em Tampa – Estados Unidos
Manchester City 4×2 Fort Lauderdale Strickers(EUA), em Fort Lauderdale – Estados Unidos

Campeão – Manchester City Football Club (Inglasterra)

Fonte: Décio Chichiuc Vital

Torneio Zuza Ferreira (BA) – 1951

A Federação Baiana de Desportos Terrestres para homenagear Zuza Ferreira que é considerado por muitos quem trouxe o futebol para as terras baianas, um torneio amistoso com a participação do Villa Nova, campeão mineiro de 1951 e o Vitória, campeão capixaba de 1950. Houve a necessidade de uma seletiva para escolher os dois representantes baianos.

Seletiva para o Torneio Zuza Ferreira

Ypiranga 1×0 Vitória / 04 de novembro de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Carlos Prtas / Gol: Raimundinho / Ypiranga: Ferrari, Pequeno e Valder; Zizo (Mario), Valter (Antônio Mário) e Raimundo; Marito, Novinha, Antônio Mário, Israel e Bernardo (Raimundinho) / Vitória: Periperi, Alírio e Joel; Eduardo, Bengalinha (Viana) e Bombeiro; Bionga, Maneca, Nouca (Juvenal), Elias e Sibauma (Dedé)

Bahia 2×1 Botafogo / 04 de novembro de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Dante Correia / Gols: Carlito, Isaltino e Célio / Bahia: Zaluar, Ivon e Zé Grilo; Nilton, Evilásio e Tóia; Alfredo, Zé Hugo, Carlito, Tuta e Isaltino / Botafogo: Grosso, Vadoca e Alberto; Júlio, Flávio e Tatuí; Dedeu, Célio, Tombinho, Antônio e Titas

Torneio Zuza Ferreira

Turno Único

Bahia 1×1 Ypiranga / 11 de novembro de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Geraldo Fernandes / Gols: Zé Hugo e Novinha / Bahia: Zaluar, Ivon e Zé Grilo; Nilton, Valdir e Tóia (Guiu); Elias, China (Carlito), Zé Hugo (Alfredo), Juca e Isaltino / Ypiranga: Ferrari, Pequeno e Alberto (Prego); Zizo (Mario), Valter e Raimundo I; Marito (Edson), Antônio Mário, Novinha, Israel e Raimundinho

Villa Nova 2×1 Vitória / 11 de novembro de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: Carlos Prats / Gols: Foguete (2) e Lucas / Villa Nova: Arizona, Madeira e Anísio; Vicente, Lito e Tão; Tobias, Vaduca, Rodolfo, Foguete e Fradeco / Vitória: Louro, Hélio (Dodoca) e Benjamin; Dodoca (Dinga), Veraldo e Alípio; Michel (Biancucio), Lucas, Tom (Vinícius), Miguez e Gessy

Vitória 3×2 Ypiranga / 15 de novembro de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro: José Peixoto Nova / Gols: Lucas (3) e Bernardo / Vitória: Louro (Ananias), Hélio e Benjamin (Atílio); Dodoca, Veraldo e Alípio; Michel (Maurício), Lucas, Tom (Biancucio), Miguez e Gessy / Ypiranga: Ferrari, Pequeno e Alberto (Prego); Zizo (Mario), Valter e Raimundo I; Antônio Mário (Bernardo), Chaves (Edson Chaves), Novinha, Jorge e Raimundinho

Villa Nova 2×0 Bahia / 15 de novembro de 1951 / Fonte Nova, em Salvador / Árbitro:  Geraldo Fernandes / Gols: Foguete e Vaduca / Villa Nova: Arizona, Madeira e Anísio; Vicente, Lito e Tão (Bichara); Osório, Tobias, Vaduca, Foguete e Rodolfo (Fradeco) / Bahia: Zaluar, Ivon e Zé Grilo; Nilton, Agnaldo e Valdir; Elias, China (Carlito), Zé Hugo, Tuta (Juca) e Isaltino

Villa Nova 1×0 Ypiranga / 18 de novembro de 1951 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: José Peixoto Nova / Gol: Tobias / Villa Nova: Arizona, Madeira e Anísio; Vicente, Lito e Romulo I (Tão); Osório, Tobias, Vaduca (Rodolfo), Foguete e Escurinho I (Fradeco) / Ypiranga: Ferrari, Pequeno e Prego; Mario (Orlando Maia), Zizo e Raimundo I; Marito (Bernardo), Antônio Mário (Raimundinho), Israel, Jorge (Edson Chaves) e Raimundo (Marito)

Vitória 3×2 Bahia / 18 de novembro de 1951 / Estádio da Graça, em Salvador / Árbitro: Carlos Prats / Gols: Miguez (2), Lucas, Tuta e Zé Hugo / Vitória: Louro, Benjamin (Dodoca) e Hélio; Dodoca (Atílio), Veraldo e Alípio; Michel (Maurício), Lucas, Tom, Miguez e Gessy / Bahia: Zaluar, Ivon e Zé Grilo; Nilton, Valdir e Agnaldo; Elias (Juca) (Camerino), China (Juca), Zé Hugo (Carlito), Tuta (Evilásio) e Isaltino

Campeão – Villa Nova Atlético Clube (Nova Lima – MG)

Fonte: Alexandre Lima

Festival Esportivo da ACEP (PR) – 1946

Este festival foi promovido para homenagear a Associação dos Cronistas Esportivos do Paraná (ACEP). Abaixo os resultados:

Data: 24 de fevereiro de 1946
Local: Campo do Batel, em Curitiba – PR

1º quadros – Britânia 4×1 Água Verde
1º quadros – Coritiba 3×3 Ferroviário

Fonte: Diário da Tarde / PR