Campeonato Alagoano – 2ª Divisão – 1993

Equipes Participantes:

Associação Lagense de Atletismo (São José da Lage)
Clube Esportivo Linense (Novo Lino)
Dínamo Esporte Clube (Maceió)
Ferroviário Atlético Clube (Maceió)
Sport Club Bom Jesus (Matriz de Camaragibe)
Zumbi Esporte Clube (União dos Palmares)

1º Turno

26.09.1993
Ferroviário 1×0 Linense
Zumbi 2×0 Lagense
Dínamo 0x2 Bom Jesus
03.10.1993
Ferroviário 1×0 Dínamo
Lagense 0x1 Linense
Bom Jesus 0x0 Zumbi
10.10.1993
Linense 0x0 Bom Jesus
Ferroviário 2×1 Lagense
Zumbi 1×1 Dínamo
17.10.1993
Bom Jesus 2×0 Ferroviário
Dínamo 0x0 Lagense
Zumbi 0x0 Linense
24.10.1993
Linense 1×0 Dínamo
Ferroviário 2×1 Zumbi
Lagense 0x1 Bom Jesus

2º Turno

31.10.1993
Zumbi 4×0 Lagense
Linense 5×0 Ferroviário
Bom Jesus 1×1 Dínamo
07.11.1993
Dínamo 1×1 Ferroviário
Linense 8×1 Lagense
Zumbi 2×0 Bom Jesus
14.11.1993
Bom Jesus 0x0 Linense
Lagense 2×2 Ferroviário
Zumbi 3×1 Dínamo
21.11.1993
Dínamo 2×0 Lagense
Linense 1×0 Zumbi
Ferroviário 0x2 Bom Jesus
28.11.1993
Bom Jesus 4×0 Lagense
Dínamo 0x5 Linense
Zumbi 1×0 Ferroviário

              J    V    E    D   GP  GC  PG

01º Linense 10 06 03 01 21 02 15
02º Bom Jesus 10 05 04 01 12 03 14
03º Zumbi 10 05 03 02 14 05 13
03º Ferroviário 10 04 02 04 09 15 10
05º Dínamo 10 01 04 05 06 15 06
06º Lagense 10 00 02 06 04 26 02

Campeão – Clube Esportivo Linense (Novo Lino – AL)

Fonte: Arquivos de Osman Duarte

Torneio Início Carioca – Liga Metropolitana de Desportos Terrestres – 1921

Data: 21 de abril de 1921
Local: Campo do Fluminense, no Rio de Janeiro – RJ

1º jogo – River 0x0 Metropolitano (1×0 esc)
2º jogo – Progresso W0x0 Esperança
3º jogo – Brasil 1×0 Campo Grande
4º jogo – Bonsucesso 1×0 Everest
5º jogo – Rio de Janeiro 1×0 São Paulo Rio
6º jogo – Ypiranga 1×0 Modesto
7º jogo – Ramos 1×0 Helênico
8º jogo – Progresso 1×0 River
9º jogo – Bonsucesso 1×0 Brasil
10º jogo – Rio de Janeiro 1×0 Ypiranga
11º jogo – Progresso 1×0 Ramos
12º jogo – Rio de Janeiro 0x0 Bonsucesso (2×1 esc)
Final – Rio de Janeiro 1×0 Progresso

Campeão – Sport Club Rio de Janeiro(Rio de Janeiro – RJ)

Fonte: Arquivos do Autor

Torneio Início de Pelotas (RS) – 1950

Data: 26 de março de 1950
Local: Pelotas – RS

1º jogo – Farroupilha 1×0 Pelotas
2º jogo – Brasil 4×1 Bancário
Final – Brasil 3×0 Farroupilha

Campeão – Grêmio Esportivo Brasil (Pelotas – RS)

Fonte: Revista dos Esportes

Torneio Antonio Vidal de Oliveira – 1974

Equipes Participantes

América Futebol Clube (Propriá)
Associação Desportiva Confiança (Aracaju)
Centro Sportivo Maruinense (Maruim)
Cotinguiba Sport Club (Aracaju)
Esporte Clube Propriá (Propriá)
Esporte Clube Santa Cruz (Estância)
Estanciano Esporte Clube (Estância)
Lagarto Esporte Clube (Lagarto)
Olímpico Futebol Clube (Aracaju)
Vasco Esporte Clube (Aracaju)

1ª Fase

Grupo da Capital

27.04.1974
Olímpico 1×1 Maruinense
04.05.1974
Vasco 4×2 Cotinguiba
15.05.1974
Confiança 3×0 Olímpico
19.05.1974
Cotinguiba 1×2 Maruinense
25.05.1974
Vasco 1×0 Olímpico
02.06.1974
Confiança 1×0 Maruinense
05.06.1974
Olímpico 3×1 Cotinguiba
09.06.1974
Confiança 1×0 Cotinguiba
Vasco 3×0 Maruinense
13.04.1975
Confiança 0x0 Vasco

J V E D GP GC PG

01º Confiança 04 03 01 00 05 00 07
02º Vasco 04 03 01 00 08 02 07
03º Olímpico 04 01 01 02 04 06 03
04º Maruinense 04 01 01 02 03 06 03
05º Cotinguiba 04 00 00 04 04 10 00

Decisão do Grupo da Capital

16.06.1974
Confiança 0x0 Vasco (5×4 pen)

Grupo do Interior

14.04.1974
América 2×0 Propriá
Santa Cruz 3×0 Estanciano
21.04.1974
Estanciano 3×0 Lagarto
28.04.1974
Propriá 2×1 Santa Cruz
08.05.1974
Lagarto 0x0 Propriá
12.05.1974
América 2×2 Santa Cruz
19.05.1974
Santa Cruz 4×0 Lagarto
26.05.1974
Lagarto 0x0 América
02.06.1974
América 1×0 Estanciano
09.06.1974
Propriá 1×1 Estanciano

             J  V   E   D   GP  GC  PG

01º América 04 02 02 01 05 02 06
02º Santa Cruz 04 02 01 01 10 04 05
03º Propriá 04 01 02 01 03 04 04
04º Estanciano 04 01 01 02 04 05 03
05º Lagarto 04 00 02 02 00 07 02

Final

14.07.1974
Confiança 0xW0 América

Campeão – América Futebol Clube (Propriá – SE)

Fonte: Arquivos de Jornais Sergipanos

Campeonato Citadino de Pelotas (RS) – 1950

Equipes Participantes:

Clube Atlético Bancário (Pelotas)
Esporte Clube Pelotas (Pelotas)
Grêmio Atlético Farroupilha (Pelotas)
Grêmio Esportivo Brasil (Pelotas)

Turno Neutro

11.06.1950
Pelotas 5×1 Farroupilha
18.06.1950
Brasil 2×0 Bancário
25.06.1950
Pelotas 4×0 Bancário
02.07.1950
Brasil 4×2 Farroupilha
09.07.1950
Farroupilha 1×0 Bancário
16.07.1950
Brasil 1×0 Pelotas

1º Turno

06.08.1950
Pelotas 1×0 Farroupilha
13.08.1950
Brasil 5×1 Bancário
20.08.1950
Pelotas 5×1 Bancário
27.08.1950
Brasil 3×0 Farroupilha
10.09.1950
Farroupilha 0x0 Bancário
17.09.1950
Brasil 4×3 Pelotas

2º Turno

01.10.1950
Pelotas 4×0 Farroupilha
15.10.1950
Brasil 6×0 Bancário
19.10.1950
Pelotas 6×1 Bancário
22.10.1950
Brasil 1×0 Farroupilha
28.10.1950
Farroupilha 4×4 Bancário
29.10.1950
Brasil 2×2 Pelotas

Campeão – Grêmio Esportivo Brasil (Pelotas – RS)

Fonte: Revista dos Esportes

Torneio Início Paranaense – 1956

Data: 9 de Junho de 1956
Local: Curitiba – PR

Etapa da Capital

1º Jogo – Britânia 2×1 Atlético
2º Jogo – Ferroviário 1×0 Palestra Itália
3º Jogo – Coritiba 1×0 Bloco Morgenau
4º Jogo – Água Verde 0x0 Britânia (4×0 pen)
5º Jogo – Ferroviário 0x0 Coritiba (3×2 pen)
Final – Água Verde 1×0 Ferroviário

Data: 9 De Junho De 1956
Local: Ponta Grossa – PR

Etapa do Interior

1º Jogo – Operário 0x0 Monte Alegre (10×8 pen)
2º Jogo – Guarani 1×0 Jacarezinho
3º Jogo – Caramuru 0x0 Rio Branco (5×3 pen)
4º Jogo – Operário 1×0 Guarani
Final – Operário 1×0 Caramuru

Data: 10 De Junho De 1956
Local: Curitiba – PR

Final – Operário 1×1 Água Verde (3×2 pen)

Campeão – Operário Ferroviário Esporte Clube (Ponta Grossa – PR)

Fonte: Livro “Futebol Paraná História”

Torneio Início Paranaense – 1957

Data: 22 de Junho de 1957
Local: Curitiba – PR

1º Jogo – Coritiba 2×1 Britânia
2º Jogo – Ferroviário 1×1 Palestra Itália (4×2 pen)
3º Jogo – Bloco Morgenau 1×0 Atlético
4º Jogo – Coritiba 2×0 Água Verde
5º Jogo – Bloco Morgenau 1×0 Ferroviário
6º Jogo – Coritiba 4×2 Bloco Morgenau

Data: 23 de Junho de 1957
Local: Curitiba – PR

7º Jogo – Operário 2×0 Rio Branco
8º Jogo – Guarani 1×0 Caramuru
9º Jogo – Guarani 1×1 Operário (5×2 pen)
Final – Coritiba 2×0 Guarani

Campeão – Coritiba Football Club (Curitiba – PR)

Fonte: Livro “Futebol Paraná História”

Torneio Início Brasiliense – 1974

Data: 14 de julho de 1974
Local: Estádio Rei Pelé, em Brasília – DF

1º jogo – Humaitá 3×0 Unidos de Sobradinho
2º jogo – Ceub 0x0 Relações Exteriores (5×1 esc)
3º jogo – Pioneira 1×0 Luziânia
4º jogo – Humaitá 1×0 Jaguar
5º jogo – Ceub 1×0 Pioneira
Final – Humaitá 4×0 Ceub

Campeão – Humaitá Esporte Clube (Guará – DF)

Fonte: Arquivos de José Ricardo Caldas e Almeida

Clubes do Distrito Federal – Humaitá Esporte Clube (Guará)

O Humaitá Esporte Clube foi fundado em 2 de julho de 1968, no Guará. Suas cores oficiais eram a preta e a branca. Seu uniforme era composto por camisa branca com faixa transversal preta, calção branco e meias brancas (semelhante ao Vasco da Gama, do Rio de Janeiro).
Num esforço da família Carvalho, tradicional da cidade do Guará, sempre participou dos campeonatos regionais de futebol, tendo levantado os títulos de campeão do Torneio Imprensa de 1971, campeão da Taça Jarbas Passarinho em 1972 e campeão da Taça IV Aniversário do Guará em 1973.
Filiou-se à Federação Metropolitana de Futebol em 16 de agosto de 1973. Antes, no dia 1º de abril, participou do 1º Festival da Pelota (torneio de jogos com a duração de 60 minutos – 30 x 30 – e, no caso de empate, decisão através de pênaltis), juntamente com outras equipes amadoras de Brasília, terminando como vice-campeão. Na decisão, perdeu de 1×0 para o Atlético, de Brazlândia.
Sua estréia na competição oficial de 1973 aconteceu no dia 26 de agosto de 1973, no Estádio Pelezão. Com gols de Vavá e Moisés, contra um de João Dias, venceu o Carioca, por 2 x 1.
Oito clubes disputaram o campeonato de 1973 e o Humaitá ficou na sexta colocação. Nos 17 jogos que disputou, venceu 5, empatou 7 e perdeu 5. Marcou 27 gols e sofreu outros 27, ficando sem saldo de gols. Somou 17 pontos ganhos. O CEUB foi o campeão de 1973. Defenderam o Humaitá em 1973, os seguintes jogadores: Goleiro: Waldimar; Defensores: Nazo, Messias, Landulfo, Carlinhos, Itamar, Nenê, Ângelo e Emábio; Atacantes: Assis, Pedrinho, Lord, China, Gilmar, Moisés, Júlio, Vavá e Arleno. Técnico: Wilson Francisco. Vavá e Moisés estiveram entre os principais artilheiros, marcando cada um 7 gols, ficando na terceira colocação.
No ano de 1974, tornou-se campeão do Torneio Início, evento realizado no dia 14 de julho de 1974, no Pelezão. Para chegar ao título, venceu o Unidos de Sobradinho (3 x 0), o Jaguar (1 x 0) e, na decisão, goleou o Ceub (4 x 0), ficando com o título de campeão.
No campeonato brasiliense de 1974, disputado por sete equipes, ficou com a quarta colocação, após 10 jogos, onde venceu quatro, empatou dois e perdeu outros quatro.
Em 1975, participou da I Copa Arizona de Futebol Amador, competição promovida pelos cigarros Arizona e A Gazeta Esportiva e que reuniu 64 equipes amadoras de todo o Distrito Federal. Nas semifinais, derrotou a Campineira, por 2×1, gols de Aderbal e Vavá. Didi era o técnico do Humaitá. Na final, em 25 de maio de 1975, foi derrotado pelo Unidos de Sobradinho (2 x 0). Jogaram a final pelo Humaitá Edmilson, Nazo, Aderbal, Emábio e Arimatéia; Júlio César, Jânio e Pedrinho; Lóide (Antônio), Elson, Argemiro e Moisés.
Logo depois, nos meses de julho e agosto, disputou o Torneio Quadrangular da F.M.F., em Brazlândia, juntamente com as equipes do A. A. Relações Exteriores, Canarinho e Guadalajara. Foi vice-campeão, atrás do Canarinho.
Também disputou o Torneio Incentivo, com jogos nas preliminares dos encontros do Ceub no Campeonato Brasileiro de 1975. Em três turnos, disputando contra o Brasília e o Campineira, ficou com a segunda colocação.
Já no campeonato brasiliense de 1975, ficou na penúltima colocação. Oito equipes disputaram a competição.
No ano de 1976, disputou o Torneio Imprensa, primeira competição oficial da nova fase do futebol do Distrito Federal, depois da implantação do profissionalismo. Seis equipes competiram e o Humaitá ficou em último.
Veio o fatídico campeonato brasiliense de 1976. Após diversos acontecimentos não muito claros até os dias de hoje, que culminaram com a extinção do CEUB e a perda da vaga de Brasília no Campeonato Brasileiro daquele ano, o Humaitá foi proclamado campeão do 1º turno (antes vencido pelo CEUB e revertido em favor do Humaitá após o abandono do clube acadêmico). Antes do final do campeonato, mudou seu nome para Guará Esporte Clube em Assembléia Geral realizada em 27 de julho de 1976. Já com esse nome, perdeu a decisão do campeonato para o Brasília no dia 16 de outubro de 1976, por 3 x 0. Defenderam o Guará nesse jogo: Bonomo (Batista), Aderbal (Pedrinho II), Zé Mauro, Ivair e Pedrinho I; Heitor, Renildo e Zequinha; China, Redi e Palito. Técnico: Luiz Alberto.

Fonte: José Ricardo Caldas e Almeida

Campeonato Brasiliense – 1967

Equipes Participantes:

Associação Esportiva Cruzeiro do Sul (Cruzeiro)
Clube Atlético Colombo (Núcleo Bandeirante)
Clube de Regatas Flamengo de Brasília (Taguatinga)
Clube de Regatas Guará (Guará)
Defelê Futebol Clube (Brasília)
Rabello Futebol Clube (Brasília)

1º Turno

COLOMBO 2 x 1 GUARÁ
20/07/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Nilzo de Sá
Gols: Juci e Crispim / Guairacá

RABELLO 3 x 0 CRUZEIRO DO SUL
23/07/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Jorge Cardoso
Gols: Cid (2) e Aloísio

FLAMENGO 0 x 1 DEFELÊ
23/07/1967
Ruy Rossas do Nascimento
Árbitro: Idélcio Gomes de Almeida
Gol: Ely

COLOMBO 2 x 2 FLAMENGO
27/07/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Idélcio Gomes de Almeida
Gols: Gilson e Santos / Adão e Ademir

CRUZEIRO DO SUL 2 x 1 DEFELÊ
30/07/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: José Mattos Sobrinho
Gols: Ramalho e Alencar / Solon

CRUZEIRO DO SUL 2 x 1 GUARÁ
05/08/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Idélcio Gomes de Almeida
Gols: Geraldo e Ribamar / Heitor

COLOMBO 2 x 0 DEFELÊ
06/08/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Nilzo de Sá
Gols: Santos (2)

FLAMENGO 1 x 1 GUARÁ
13/08/1967 Ruy Rossas do Nascimento
Árbitro: Gilberto Nahas
Gols: Adão / Maurício

CRUZEIRO DO SUL 2 x 2 COLOMBO
13/08/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: Rubens Pacheco
Gols: Pacheco e Juca / Santos (2)

RABELLO 2 x 0 GUARÁ
31/08/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: José Mattos Sobrinho
Gols: Tião e Luizinho

RABELLO 1 x 0 FLAMENGO
03/09/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Sylvio Fernandes
Gol: Cid

RABELLO 2 x 1 DEFELÊ
07/09/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Gilberto Nahas
Gols: Luizinho (2) / Invasão

GUARÁ 4 x 1 DEFELÊ
10/09/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Rubens Pacheco
Gols: Guairacá (2), Otávio e Arnaldo / Anílcio

CRUZEIRO DO SUL 3 x 3 FLAMENGO
10/09/1967 Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: Idélcio Gomes de Almeida
Gols: Nando (2) e Aderbal / Vitinho, Ademir e Manoelzinho

RABELLO 4 x 0 COLOMBO
17/09/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Rubens Pacheco
Gols: Cid, João Dutra, Tião e Zezé

2º Turno

COLOMBO 0 x 0 FLAMENGO
19/10/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Jorge Cardoso

RABELLO 2 x 2 DEFELÊ
22/10/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Gilberto Nahas
Gols: Luizinho (2) / Alaor Capella (2)

CRUZEIRO DO SUL 2 x 1 GUARÁ
22/10/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Jorge Cardoso
Gols: Ramalho e Nando / Walmir

DEFELÊ 0 x 0 COLOMBO
26/10/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: Sylvio Carvalho

RABELLO 3 x 2 GUARÁ
29/10/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Jorge Cardoso
Gols: Zezé, João Dutra e Luizinho / Otávio e Walmir

CRUZEIRO DO SUL 3 x 1 FLAMENGO
29/10/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: José Mattos Sobrinho
Gols: Wilson, Nando e Morbeck / Bengala

DEFELÊ 1 x 0 GUARÁ
01/11/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: Rubens Pacheco
Gol: Alaor Capella

RABELLO 5 x 1 FLAMENGO
05/11/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: José Mattos Sobrinho
Gols: Cid (2), Luizinho (2) e João Dutra / Manoelzinho

CRUZEIRO DO SUL 2 x 1 COLOMBO
05/11/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: Eduino Edmundo Lima
Gols: Ramalho e Nando / Baiano

DEFELÊ 2 x 1 FLAMENGO
09/11/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: Jorge Cardoso
Gols: Solon (2) / Manoelzinho

RABELLO 1 x 1 CRUZEIRO DO SUL
12/11/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Rubens Pacheco
Gols: João Dutra / Nando

COLOMBO 3 x 1 GUARÁ
12/11/1967
Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: Eduino Edmundo Lima
Gols: Santos (2) e Paulista / Otávio

DEFELÊ 3 x 2 CRUZEIRO DO SUL
15/11/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Sylvio Fernandes
Gols: Solon (2) e Ramiro / Ercy e Morbeck

GUARÁ 0 x 0 FLAMENGO
18/11/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Gilberto Nahas

RABELLO 5 x 1 COLOMBO
19/11/1967
Nacional de Brasília
Árbitro: Sylvio Fernandes
Gols: Cid (2), Luizinho, Zezé e Oliveira (contra) / Bolinha

Campeão – Rabello Futebol Clube (Brasília – DF)

Fonte: Arquivos de José Ricardo Caldas e Almeida

Torneio Início Paranaense – 1955

Data: 16 de Abril de 1955
Local: Curitiba / PR

1º Jogo – Caramuru 1×1 Bloco Morgenau (5×0 pen)
2º Jogo – Britânia 1×0 Palestra Itália
3º Jogo – Ferroviário 0x0 Água Verde (5×4 pen)
4º Jogo – Coritiba 1×1 Monte Alegre (4×3 pen)
5º Jogo – Atlético 2×1 Operário
6º Jogo – Caramuru 2×0 Guarani

Data: 17 de Abril de 1955
Local: Curitiba / PR

7º Jogo – Ferroviário 1×0 Britânia
8º Jogo – Atlético 0x0 Coritiba (4×3 pen)
9º Jogo – Ferroviário 0x0 Caramuru (4×0 pen)
Final – Atlético 1×1 Ferroviário (4×3 pen)

Campeão – Clube Atlético Paranaense (Curitiba – PR)

Fonte: Livro “Futebol Paraná História”