Torneio Início Brasiliense – 1960

Data: 04 de setembro de 1960
Local: Estádio Israel Pinheiro

1º jogo / Guanabara 0x0 Defelê (3×2 pen) / Guanabara: Braga, Emídio e Reinaldo; Roberto, Farneze e Isaías; Nelício, Paulo, Walfredo, José e Antônio / Defelê: Leal, Euclides e Samuel; Élcio, Wander e Zé Paulo; Ramiro, Edson, Picolé, Ely e Gilberto

2º jogo / Expansão 0x0 Grêmio / Expansão: Agnaldo, Alvassy e Dalton, Antônio, Amaral e Joaquim; Santos, Ronei, Marreco, Heleno e Hélio / Grêmio: Ivan, Amauri e Zé Olindo; Pedersoli, Geraldão e Orlando; Turquinho, Ari, Geraldo, Ferreira e Moacir / Obs.: Vitória do Expansão nos penaltis

3º jogo / Planalto 1×0 Industrial / Gol: Edson Galba / Planalto: Issinha, Ventura, Ferreira e Rhodios; Wolney e Cardoso; Ferrete, Moreira, Carlos, Edson Galba e Prego / Industrial: Barbosa, Pernambuco e Justino; Gordinho, João Luís e Braúna; Espanhol, Otávio, João, Motorista e Lino

4º jogo / Sobradinho 1×0 Real / Gol: Paiva (contra) / Sobradinho: Ivan, Carrasco, Pedrinho e Braga; Passos e Valmir; Rodrigues, Gaguinho, Ramos, Armando e Segnoret / Real: Weldas, Baganha, Walter e Hugo; Paiva e Nilson; Norberto, Silva, Valentim, Joãozinho e Hildeu

5º jogo / Edilson Mota 1×0 Brasil Central / Gol: Alemão / Edilson Mota: Cabeludo, Roberto e Oswaldo; Cazuza, Divino e Maia; Dario, Cardoso, Gesil, Negrão e Alemão / Brasil Central: Rubens, Hilton e Zelão; Eurípedes, Martins e Jacinto; Goiano, Jasson, Carlos, Martins e Sabará

6º jogo / Pederneiras 2×0 Nacional / Gols: Gote e Marcionilo / Pederneiras: Celestino, Hélio, Nogueira e Darci; Alcides e Antônio; Gotte, Zezinho, Marcionilo, Valter e Cotia / Nacional: Roberto, Baixinho, Coelho e Valmir; Chesman e Tarcísio; Sete, Zezito, Dilvo e Joãozinho / Obs.: O Nacional jogou com apenas 10 jogadores

7º jogo / Rabello 1×0 Alvorada / Gol: Nilo / Rabello: Gaguinho, Leocádio e Paulo; Capixaba, Délio e Alberto; Antônio, Léo, Baianinho, Nilo e Motorzinho / Alvorada: Carioca, Carlos e Tatão; Valnor, Dequinha e Mossoró; Zezinho, Nicolau, Dandão, Zeca e Piauí

8º jogo / Guará 0x0 Consispa (3×2 pen) / Guará: Redola, Aderbal, Tostão e Clemente; Boneco e Eluff; Cleli, Fernando, Carlos e Severo / Consispa: Noel, Zózimo e Jurandir; Wilmond, Cosmo e Cláudio; Hélio, Erivan, Zé Neto, Luís e Valdomiro / Obs.: O Guará jogou com apenas 10 jogadores

9º jogo / Guanabara 1×0 Expansão / Gol: Walfredo / Guanabara: Braga, Raimundo e Reinaldo; Miguel, Farneze e Isaías; Nelício, Paulo, Walfredo, Artur e Agassis / Expansão: Agnaldo, Alvassy e Dalton, Antônio, Amaral e Joaquim; Santos, Ronei, Marreco, Heleno e Hélio

10º jogo / Planalto 1×0 Sobradinho / Gol: Edson Galba / Planalto: Issinha, Ventura, Ferreira e Rhodios; Wolney e Cardoso; Ferrete, Moreira, Carlos, Edson Galba e Prego / Sobradinho: Ivan, Carrasco, Pedrinho e Braga; Passos e Valmir; Zinho, Gaguinho, Ramos, Armando e Segnoret

11º jogo / Edilson Mota 1×0 Pederneiras / Gol: Cardoso / Edilson Mota: Cabeludo, Roberto e Oswaldo; Cazuza, Divino e Maia; Dario, Cardoso, Gesil, Negrão e Alemão / Pederneiras: Celestino, Hélio, Nogueira e Darci ou Darli; Alcides e Antônio; Gote, Coelho, Marcionilo, Valderez e Cotia

12º jogo / Rabello 0x0 Guará (3×2 pen) / Rabello: Gaguinho, Leocádio e Paulo; Capixaba, Délio e Alberto; Antônio, Léo, Baianinho, Nilo e Motorzinho / Guará: Redola, Aderbal, Tostão e Clemente; Boneco e Eluff; Fernando, Carlos, Severo e Cleli / Obs.: O Guará jogocu com apenas 10 jogadores

13º jogo / Planalto 1×0 Guanabara / Gol: Carlos / Planalto: Issinha, Ventura, Ferreira e Rhodios; Wolney e Cardoso; Ferrete, Moreira, Carlos, Edson Galba e Prego / Guanabara: Braga, Raimundo e Reinaldo; Miguel, Antônio e Isaías; Nelício, Paulo, Valfrido, Artur e Agassis

14º jogo / Rabello 0x0 Edilson Mota (3×2 pen) / Rabello: Gaguinho, Leocádio e Paulo; Capixaba, Délio e Alberto; Antônio, Léo, Baianinho, Nilo e Motorzinho / Edilson Mota: Cabeludo, Roberto e Oswaldo; Cazuza, Divino e Maia; Dario, Cardoso, Gesil, Negrão e Alemão

Final / Rabello 1×0 Planalto / Gol: Nilo / Rabello: Gaguinho, Leocádio e Paulo; Capixaba, Antônio e Alberto; Léo, Baianinho, Zé Carlos, Nilo e Motorzinho / Planalto: Issinha, Ventura, Ferreira e Rhodios; Wolney e Cardoso; Ferreira, Moreira, Carlos, Édson Galba e Prego

Campeão – Rabello Futebol Clube (Brasília – DF)

Fonte: José Ricardo Caldas e Almeida

Compartilhe nas redes sociais....
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *