Campeonato Maranhense – 1930

Equipes Participantes:

América Sport Club (São Luís)
Anilense Football Club (São Luís)
Diamante Negro Football Club (São Luís)
Sampaio Corrêa Futebol Clube (São Luís)
Sport Club Sirio Brasileiro (São Luís)
Tupy Sport Club (São Luís)
Tupan Sport Club (São Luís)

Turno Único

01.06.1930
Tupan 0x0 Sampaio Corrêa
Anilense 1×0 Sirio Brasileiro (anulado)
08.06.1930
Anilense 1×0 Sampaio Corrêa (anulado)
22.06.1930
Tupan 4×2 América (anulado)
06.07.1930
Sampaio Corrêa 4×3 América (anulado)
03.08.1930
Sampaio Corrêa 2×2 Diamante Negro
07.09.1930
Sampaio Corrêa 4×0 Anilense
05.10.1930
América 4×1 Tupy
26.10.1930
Sirio Brasileiro 4×1 Tupy
02.11.1930
Sirio Brasileiro 2×1 América
Diamante Negro 3×3 Tupy
09.11.1930
Sirio Brasileiro 7×0 Diamante Negro
16.11.1930
Sirio Brasileiro 4×3 Tupan
Anilense 2×2 Diamante Negro
23.11.1930
Anilense 3×1 Tupy
América 3×1 Tupan
30.11.1930
Sampaio Corrêa 2×1 Sirio Brasileiro
Anilense 2×0 América
07.12.1930
Sirio Brasileiro 3×1 Anilense
Sampaio Corrêa 5×1 Tupy
14.12.1930
Sampaio Corrêa 2×1 América
21.12.1930
América 3×0 Diamante Negro

Tupan x Diamante Negro (cancelado)
Tupan x Anilense (cancelado)
Tupan x Tupy (cancelado)

J   V   E   D   GP  GC  PG

Sirio Brasileiro 06 05 00 01 21 08 10
Sampaio Corrêa 06 04 02 00 15 05 10
América 06 03 00 03 12 08 06
Anilense 05 02 01 02 08 10 05
Diamante Negro 05 00 03 02 07 17 03
Tupy 05 00 01 04 07 19 01
Tupan 03 00 01 02 04 07 01

Campeão – Sport Club Sirio Brasileiro (São Luís – MA)

Fonte: Manuel Raimundo do Amaral

Campeonato Maranhense – 1959

Equipes Participantes:

Associação Atlética Caxiense (Caxias)
Bangu Atlético Clube (Coroatá)
Botafogo Futebol Clube (São Luís)
Esporte Clube Nacional (São Luís)
Graça Aranha Esporte Clube (São Luís)
Maranhão Atlético Clube (São Luís)
Moto Clube (São Luís)
Sampaio Corrêa Futebol Clube (São Luís)
Vitória do Mar Futebol Clube (São Luís)

1º Turno

04.10.1959
Moto Clube 2×0 Maranhão
07.10.1959
Sampaio Corrêa 3×1 Vitória do Mar
11.10.1959
Sampaio Corrêa 2×0 Graça Aranha
Bangu 0x0 Caxiense
17.10.1959
Vitória do Mar 3×3 Bangu
18.10.1959
Graça Aranha 0x0 Botafogo
Moto Clube 4×1 Caxiense
21.10.1959
Sampaio Corrêa 1×0 Nacional
25.10.1959
Vitória do Mar 1×0 Moto Clube
Maranhão 0x0 Caxiense
Bangu 2×1 Nacional
31.10.1959
Moto Clube 7×0 Graça Aranha
01.11.1959
Nacional 2×1 Maranhão
Sampaio Corrêa 1×0 Botafogo
04.11.1959
Vitória do Mar 3×1 Maranhão
03.01.1960
Moto Clube 1×0 Sampaio Corrêa
Vitória do Mar 3×0 Caxiense
06.01.1960
Maranhão 4×0 Graça Aranha
10.01.1960
Vitória do Mar 1×1 Nacional
14.01.1960
Vitória do Mar 1×1 Graça Aranha
17.01.1960
Sampaio Corrêa 4×1 Bangu
Moto Clube 3×0 Botafogo
20.01.1960
Graça Aranha 2×2 Nacional
24.01.1960
Maranhão 4×1 Bangu
27.01.1960
Moto Clube 2×1 Nacional
31.01.1960
Vitória do Mar 4×1 Botafogo
07.02.1960
Bangu 2×1 Botafogo
13.02.1960
Maranhão 1×0 Sampaio Corrêa
14.02.1960
Moto Clube 4×2 Bangu

Maranhão x Botafogo (cancelado)
Nacional x Botafogo (cancelado)
Caxiense x Botafogo (cancelado)
Caxiense x Sampaio Corrêa (cancelado)
Graça Aranha x Caxiense (cancelado)
Nacional x Caxiense (cancelado)
Bangu x Graça Aranha (cancelado)

2º Turno

27.03.1960
Bangu 3×2 Botafogo
Moto Clube 4×0 Caxiense
30.03.1960
Sampaio Corrêa 4×0 Graça Aranha
02.04.1960
Moto Clube 1×0 Nacional
03.04.1960
Vitória do Mar 2×2 Caxiense
Sampaio Corrêa 2×1 Botafogo
06.04.1960
Graça Aranha 2×2 Vitória do Mar
10.04.1960
Maranhão 3×1 Caxiense
Sampaio Corrêa 3×1 Bangu
23.04.1960
Sampaio Corrêa 4×1 Nacional
24.04.1960
Graça Aranha 1×0 Caxiense
27.04.1960
Maranhão 2×1 Sampaio Corrêa
30.04.1960
Moto Clube 1×0 Graça Aranha
01.05.1960
Sampaio Corrêa 6×1 Caxiense
07.05.1960
Sampaio Corrêa 1×0 Vitória do Mar
08.05.1960
Moto Clube 3×2 Maranhão
11.05.1960
Graça Aranha 3×1 Nacional
14.05.1960
Maranhão 2×1 Vitória do Mar
15.05.1960
Moto Clube 1×0 Sampaio Corrêa
18.05.1960
Vitória do Mar 1×0 Nacional
21.05.1960
Maranhão 3×1 Graça Aranha
23.05.1960
Maranhão 1×0 Nacional
28.05.1960
Moto Clube 3×0 Botafogo
29.05.1960
Maranhão 4×0 Botafogo
Bangu 1×0 Moto Clube (1)
31.05.1960
Bangu 1×1 Maranhão

Graça Aranha x Bangu (cancelado)
Nacional x Bangu (cancelado)
Caxiense x Bangu (cancelado)
Bangu x Vitória do Mar (cancelado)
Botafogo x Vitória do Mar (cancelado)
Moto Clube x Vitória do Mar (cancelado)
Botafogo x Caxiense (cancelado)
Caxiense x Nacional (cancelado)
Botafogo x Nacional (cancelado)
Botafogo x Graça Aranha (cancelado)

(1) O Bangu perdeu os pontos desta partida

J   V   E   D   GP  GC  PG

Moto Clube 15 14 00 01 36 07 28
Sampaio Corrêa 15 11 00 04 32 11 22
Maranhão 15 09 02 04 29 16 20
Vitória do Mar 13 05 05 03 23 16 15
Bangu 11 03 03 05 16 23 09
Graça Aranha 12 02 04 06 10 27 08
Nacional 11 01 02 11 09 19 04
Caxiense 09 00 03 06 05 23 03
Botafogo 09 00 01 08 05 22 01

Campeão – Moto Clube (São Luís)

Fonte: Arquivos de Manuel Raimundo do Amaral

Hino do Sampaio Corrêa Futebol Clube (São Luís – MA)

Fonte: youtube

Hino do Maranhão Atlético Clube (São Luís – MA)

Fonte: youtube

Torneio Maranhão – Pará – 1920

Semi Final

18.08.1920
Yole(PA) 2×1 Fênix(MA), em São Luís – MA
Luso Brasileiro(MA) 2×0 Vasco da Gama(MA), em São Luís – MA

Final

22.08.1920
Luso Brasileiro(MA) 2×1 Yole(PA), em São Luís – MA

Campeão – Sport Club Luso Brasileiro (São Luís – MA)

Fonte: Arquivos de Manoel Raimundo do Amaral

Campeonato Maranhense – 1920

Equipes Participantes:

Anilense Footbal Club (São Luís)
Brasil Sport Club (São Luís)
Fabril Athletic Club (São Luís)
Internacional Sport Club (São Luís)
Nacional Football Club (São Luís)
São Cristóvão Football Club (São Luís)
Vasco da Gama Football Club (São Luís)

Turno Único

06.06.1920
Vasco da Gama 2×1 Nacional
13.06.1920
Fabril 3×0 Anilense
Brasil 2×1 Internacional
20.06.1920
Anilense 2×1 São Cristóvão
27.06.1920
Fabril 24×0 Nacional
04.07.1920
Vasco da Gama 3×2 Internacional
11.07.1920
Anilense 1×0 Brasil
14.07.1920
Fabril 3×0 São Cristóvão
25.07.1920
Vasco da Gama 5×2 Brasil
08.08.1920
Nacional 2×0 Brasil
15.08.1920
Fabril 3×1 Vasco da Gama
29.08.1920
São Cristóvão 2×0 Nacional
03.09.1920
Fabril 4×0 Brasil
07.09.1920
Anilense 3×2 Vasco da Gama
19.09.1920
São Cristóvão 2×2 Brasil
26.09.1920
Anilense 3×0 Nacional
03.10.1920
Vasco da Gama 2×1 São Cristóvão

Campeão – Fabril Athletic Club (São Luís – MA)

Fonte: Arquivos de Manuel Raimundo do Amaral

Campeonato Maranhense – 2ª Divisão – 2019

Equipes Participantes:

Bacabal Esporte Clube (Bacabal)
Chapadinha Futebol Clube (Chapadinha)
Clube Atlético Babaçu (Bacabal)
Esporte Clube Boa Vontade (São Luís)
Esporte Clube Viana (Viana)
Expressinho Futebol Clube (Sao Luís)
ITZ Sport (Imperatriz)
Sociedade Esportiva Balsas Futebol Clube (Balsas)
Sociedade Esportiva Juventude (Caxias)
Timon Esporte Clube (Timon)

1ª Fase

Grupo A

18.08.2019
Boa Vontade 2×1 Bacabal
21.08.2019
Babaçu 3×2 ITZ Sport
24.08.2019
ITZ Sport 7×1 Balsas
25.08.2019
Babaçu 1×1 Boa Vontade
28.08.2019
ITZ Sport 0x1 Boa Vontade
Balsas 0x0 Bacabal
31.08.2019
Bacabal 1×0 ITZ Sport
01.09.2019
Balsas 0xWO Babaçu
06.09.2019
Bacabal 0x0 Babaçu
07.09.2019
Boa Vontade WOx0 Balsas

Grupo B

18.08.2019
Chapadinha 5×0 Viana
21.08.2019
Juventude 1×1 Timon
24.08.2019
Viana 2×0 Expressinho
26.08.2019
Chapadinha 1×1 Juventude
28.08.2019
Expressinho 2×2 Timon
29.08.2019
Viana 0x7 Juventude
31.08.2019
Expressinho 1×10 Chapadinha
02.09.2019
Timon 4×0 Viana
07.09.2919
Juventude 4×0 Expressinho
09.09.2019
Timon 0x1 Chapadinha

Semi Final

22.09.2019
Boa Vontade 2×3 Juventude
23.09.2019
Chapadinha 2×2 Babaçu [3×4 pen]

Final

28.09.2019B
Babaçu 1×2 Juventude
05.10.2019
Juventude 3×1 Babaçu

Campeã – Sociedade Esportiva Juventude (Caxias – MA)

Fonte: Site Futebol Nacional

Clubes do Maranhão – Timon Esporte Clube (Timon)

Nome: Timon Esporte Clube
Cidade: Timon – MA
Fundação: 26 de setembro de 2005
Cores: azul / verde / branco
Histórico: Desde 2007 o clube disputa a 2ª Divisão Maranhense. Não confundir este clube com o de mesmo nome mas que disputa a 2ª Divisão do Piauí.

Fontes: Wikipedia e Site Ftebol Nacional

Livro: “História do Campeonato Maranhense 1918 – 2018”

Campeonato Maranhense – 1957

Equipes Participantes:

Ferroviário Esporte Clube (São Luís)
Maranhão Atlético Clube (São Luís)
Moto Clube (São Luís)
Sampaio Corrêa Futebol Clube (São Luís)
Vitória do Mar Futebol Clube (São Luís)

1º Turno

09.06.57
Vitória do Mar 1×1 Sampaio Corrêa
15.06.57
Ferroviário 1×1 Moto Clube
16.06.57
Maranhão 2×1 Sampaio Corrêa
22.06.57
Vitória do Mar 3×1 Moto Clube
23.06.57
Ferroviário 3×2 Maranhão
29.06.57
Sampaio Corrêa 3×0 Moto Clube
30.06.57
Ferroviário 1×0 Vitória do Mar
06.07.57
Maranhão 1×0 Moto Clube
07.07.57
Ferroviário 4×2 Sampaio Corrêa
14.07.57
Vitória do Mar 0x0 Maranhão

2º Turno

20.07.57
Vitória do Mar 2×1 Sampaio Corrêa
21.07.57
Ferroviário 1×0 Moto Clube
27.07.57
Sampaio Corrêa 1×0 Maranhão
28.07.57
Vitória do Mar 1×1 Moto Clube
03.08.57
Ferroviário 1×0 Maranhão
04.08.57
Sampaio Corrêa 1×1 Moto Clube
10.08.57
Ferroviário 1×1 Vitória do Mar
11.08.57
Maranhão 2×1 Moto Clube
17.08.57
Sampaio Corrêa 2×1 Ferroviário (1)
18.08.57
Vitória do Mar 0x0 Maranhão

(1) O Sampaio Corrêa perdeu os pontos desta partida.

Campeão – Ferroviário Esporte Clube (São Luís – MA)

Fonte: Arquivos de Manoel Raimundo do Amaral (in memorian)

Excursão do Paysandu (PA) em 1935

Uma nova cisão no futebol paraense, em 1935, fez com que não se realizasse o campeonato nessa temporada. Em vista disso e para dar movimentação a seu time, a diretoria do Paysandu tratou de conseguir uma série de jogos por gramados do Nordeste. A excursão se prolongaria por mais de dois meses e se constituiria em sucesso, mostrando a vitalidade do time do campeão paraense, que enfrentando uma série de obstáculos conseguiu representar e muito bem o nome do futebol paraense em centros mais adiantados.
A 16 de agosto de 1935, a embaixada do Paysandu embarcava pelo vapor “Itahité”, da Costeira, com destino a Recife, a convite da Associação dos Cronistas Desportivos de Pernambuco. A delegação estava assim formada: Presidente e Tesoureiro – Francisco Xavier da Silva; Vice-Presidente – Eldonor Lima; Secretário e Orador – Ernestino de Souza Filho; Técnico – Cláudio José de Lima. Jogadores: Eldonor e Anastácio, goleiros; Aprígio e Bentes, zagueiros; Vadico, Sandoval Matos, Pedro, Batista e Macambira, médios; Moacyr, Itaguary, Quarenta, Heitor, Erberto e Marcos, atacantes, além de Norat (emprestado pelo Júlio César), Ruy e Vavá (emprestado pelo Clube do Remo).
A excursão foi a mais longa já feita por um clube do Norte/Nordeste, pois durou exatos oitenta dias (dois meses e vinte dias).
Eis a jornada cumprida pelo Paysandu nos gramados do Nordeste:

24.08.1935
Paysandu 3×3 Sport (Recife – PE), em Recife – PE
29.08.1935
Paysandu 1×2 Tramways (Recife – PE), em Recife – PE
05.09.1935
Paysandu 6×2 Náutico (Recife – PE), em Recife – PE
08.09.1935
Paysandu 1×4 Seleção de Pernambuco, em Recife – PE
10.09.1935
Paysandu 1×2 Santa Cruz (Recife – PE), em Recife – PE
13.09.1935
Paysandu 2×1 CSA (Maceió – AL), em Maceió – AL
15.09.1935
Paysandu 1×3 Bahia (Salvador – BA), em Salvador – BA
20.09.1935
Paysandu 2×5 Vitória (Salvador – BA), em Salvador – BA
22.09.1935
Paysandu 7×3 Botafogo (Salvador – BA), em Salvador – BA
27.09.1935
Paysandu 1×4 Vitória (Salvador – BA), em Salvador – BA
29.09.1935
Paysandu 1×2 Bahia (Salvador – BA), em Salvador – BA
06.10.1935
Paysandu 2×3 Fortaleza (Fortaleza – CE), em Fortaleza – CE
10.10.1935
Paysandu 5×1 Seleção do Ceará, em Fortaleza – CE
13.10.1935
Paysandu 4×5 Ceará (Fortaleza – CE), em Fortaleza – CE
17.10.1935
Paysandu 1×2 América (Fortaleza – CE), em Fortaleza – CE
19.10.1935
Paysandu 3×3 Seleção do Ceará, em Fortaleza – CE
25.10.1935
Paysandu 4×1 Tupan (São Luís – MA), em São Luís – MA
27.10.1935
Paysandu 1×4 Sampaio Corrêa (São Luís – MA), em São Luís – MA
30.10.1935
Paysandu 5×0 Automóvel (São Luís – MA), em São Luís – MA
03.11.1935
Paysandu 4×1 Maranhão (São Luís – MA), em São Luís – MA
04.11.1935
Paysandu 2×1 Syrio (São Luís – MA), em São Luís – MA

Fontes: A História do Paysandu Sport Club 1914-1955 e Almanaque do Papão

Torneio Governador Nunes Freire – 1976

Entre Novembro e Dezembro de 1976 foi realizado em São Luís o Torneio Governador Nunes Freire, competição amistosa que reunu três clubes maranhenses (Ferroviário, Moto Clube e Sampaio Corrêa) e três da região sudeste (América Mineiro, Santos e São Paulo). Abaixo os resultados da competição:

Turno Único

18.11.1976
América 2×1 Ferroviário
São Paulo 2×0 Moto Clube
21.11.1976
Moto Clube 0x0 América
Sampaio Corrêa 1×0 Santos

24.11.1976
São Paulo 3×1 América
Sampaio Corrêa 0x0 Ferroviário
28.11.1976

Moto Clube 0x0 Santos
São Paulo 2×0 Sampaio Corrêa
04.12.1976

Santos 3×0 Ferroviário
América 1×0 Sampaio Corrêa
06.12.1976

Moto Clube 1×0 Ferroviário
América 2×0 Santos
08.12.1976

Moto Clube 2×0 Sampaio Corrêa
São Paulo 0x0 Ferroviário
11.12.1976

Santos 2×1 São Paulo

Campeão – São Paulo Futebol Clube (São Paulo – SP)

Fonte: http://futebolmaranhenseantigo.blogspot.com

Excursão do Maranhão Atlético Clube ao Piauí em 1938

O ano de 1938 ficou marcado na história do Maranhão Atlético Clube. O clube fundado havia apenas seis anos, realizaria a sua primeira excursão a outro Estado. Naquela época, era importante proporcionar aos nossos clubes maior experiência fora dos campos maranhenses, o que se configuraria em algo imprescindível para uma agremiação em busca de crescimento em outros centros esportivos. Teresina, uma das praças mais desenvolvidas no futebol na época naquela região, foi escolhida para ser a promotora da primeira excursão do clube fora do estado. Seria a primeira experiência em um Estado que se desenvolveria primeiro no futebol em relação ao nosso e esse fator foi decisivo para um ganho de novas relações entre os dois Estados vizinhos.

Nos primeiros dias do mês de Agosto de 1938, a equipe atleticana iniciou a sua preparação para uma série de partidas contra os principais clubes da capital piauiense. E a diretoria confiou ao goleiro Raimundo Rocha, o Dico, os treinamentos do elenco atleticano que seguiria dali a alguns dias para a cidade de Teresina (Dico, aliás, havia sido recentemente convocado para comandar a Seleção Maranhense que tomaria parte no Campeonato Brasileiro de Seleções daquele ano). E a delegação atleticana seguiu de navio até o Piauí com a seguinte equipe base para a sua primeira excursão: Newton; Severino e Zé Orelha; Mozabá, Clarindo e Jaime; Oito, Ary, Cotia, Leônidas e Bibi.

Surpreendendo a toda a crônica esportiva local, o Maranhão alcançou grandes resultados. Abaixo os placares das partidas durante esta excursão foram a seguintes:

28.08.1938
Maranhão 3×1 Artístico, em Teresina
01.09.1938
Maranhão 3×2 Flamengo, em Teresina
04.09.1938
Maranhão 1×1 Botafogo, em Teresina
07.09.1938
Maranhão 1×3 Flamengo, em Teresina

Equipe do Maranhão Atlético Clube – 1938

Fonte: futebolmaranhenseantigo.blogspot.com

Ferroviário Esporte Clube – Campeão Maranhense Invicto de 1957

Fonte: http://futebolmaranhenseantigo.blogspot.com

Em 1957 o Ferroviário Esporte Clube realizou uma campanha impecável, conquistando de forma invicta o Campeonato Maranhense daquele ano. Abaixo a sua trajetória rumo ao título:

15.06.1957                   
Moto Clube 1×1 Ferroviário
23.06.1957                   
Ferroviário 3×2 Maranhão
30.06.1957                   
Ferroviário 1×0 Vitória do Mar
07.07.1957
Ferroviário 4×2 Sampaio Corrêa
21.07.1957                   
Ferroviário 1×0 Moto Clube
03.08.1957
Ferroviário 1×0 Maranhão
10.08.1957                   
Ferroviário 1×1 Vitória do Mar
17.08.1957
Sampaio Corrêa 2×1 Ferroviário (1)

(1) O Sampaio Corrêa perdeu os pontos desta partida

Fonte: Livro “História do Campeonato Maranhense 1918 – 2018”

Foto Histórica – Sampaio Corrêa Futebol Clube (São Luís – MA) – 1978

Fonte: Arquivo de França Melo

Clubes do Maranhão – Sport Club Luso Brasileiro (São Luís)

O Sport Club Luso Brasileiro foi fundado em 24 de fevereiro de 1917, pelo comerciante português Edgar Figueira. Sua sede ficava na Praça João Lisboa e o campo na Quinta do Monteiro (Rua do Passeio ou Rodrigues Fernandes), ao lado do Hospital Português (onde hoje se encontram vários imóveis e o prédio do SENAC).
Apesar do nome “Luso”, de funcionar ao lado do Hospital Português e do Centro Republicano Português, e de ter sido fundado por um português, o clube não tinha as cores de Portugal, mas sim o azul e o branco (provavelmente em homenagem ao clube português F. C. Porto, fundado em 1893, cujo uniforme era similar, além de um detalhe no escudo).
A agremiação estava fortemente respaldada pela inclusão de antigos associados do Fabril Athletic Club, que tinham feito a opção pelo novo clube.
A primeira diretoria foi assim composta: Presidente: Manoel Antônio Araújo; 1º Secretário: Diamantino Nina de Oliveira; 2º Secretário: Flávio Pereira Tribuzi; Tesoureiro: Albino Augusto Pinto e Diretor de Esportes: Albino Ribeiro de Farias.
A primeira equipe foi formada com Cavalcanti, Barbosa e Flavino; Abílio, Diamantino e Nunes; Miguel, Oliveira, Bizarro, Saraiva e Braga.
A diretoria arrendou junto ao Hospital Português, a antiga Quinta Monteiro, à margem da Rua do Passeio. Feito o campo, a estréia deu-se diante dos marujos do Cruzador brasileiro “Tiradentes”, com o Luso Brasileiro vencendo por 2 x 1.
Logo depois, o Luso passou a reforçar sua equipe, que passou a escalar-se com Tavares (capitão), Guilhon e Santa Maria; J. Rêgo, Napoleão e Bernardo; Lauro, Raul, Monterrey, Jupira e Seltz.
O número de associados cresceu tanto que o clube acabou constituindo duas equipes para as disputas internas: o Saturno e o Júpiter.
Depois do jogo com os marujos, tem-se notícia de uma outra apresentação do “alvi-azul”, quase no final de 1917. Teria acontecido no dia 16 de dezembro, diante do Militar, time do 48º Batalhão de Caçadores. O Luso venceu por 2 x 0.
Com a presença de uma nova força no futebol maranhense, começava a esperança de estruturar-se o futebol do Estado, criando-se uma Liga capaz de congregar os clubes, que já existiam em quantidade regular.
Uma das primeiras tentativas foi a criação da Liga Maranhense de Sports, em 27 de março de 1917, reunião da qual fez parte o Luso Brasileiro.
A festa de inauguração da Liga, marcada para o dia 1º de abril, no F. A. C., seria em benefício dos desabrigados das cheias do rio Itapecuru e se mostrou como um evento grandioso, que contou com jogos entre as nove agremiações fundadoras.
O Luso compareceu com a seguinte equipe: Cavalcanti, Barbosa e Flaviano; Abílio, Diamantino e Nunes; Miguel, Oliveira, Bizarro, Saraiva e Braga. No sorteio, coube ao Luso enfrentar o F. A. C., que venceu por 3 x 0.
O Luso Brasileiro foi campeão maranhense nos anos de 1918, 1919, 1922 a 1927 e vice-campeão em 1921 e 1928.

Fonte: Terra, Grama e Paralelepípedos e Esporte Um Mergulho no Tempo.

Excursão do Maguari (CE) ao Maranhão em 1928

Em 1928 o MAGUARI ESPORTE CLUBE de Fortaleza realizou uma excursão ao Maranhão. Abaixo os resultados colhidos pela equipe cearense:

Maguari 2×3 24º Batalhão de Caçadores
Data: 02 de agosto de 1928
Local: São Luís
Gols: Heitor e João Barbosa

Maguari 8×2 Syrio
Data: 05 de agosto de 1928
Local: São Luís
Gols: Dudu (3), Viriato (2), Heitor, Rolinha e Aluisio

Maguari 2×1 Vasco da Gama
Data: 09 de agosto de 1928
Local: São Luís
Gols: Rolinha e Dudu

Maguari 3×3 Luso Brasileiro
Data: 12 de agosto de 1928
Local: São Luís
Gols: Dudu, Braz e Viriato

Fonte: Jornal O Povo / CE

Torneio Início Maranhense – 1924

Data: 14 de julho de 1924
Local: São Luís

1º jogo – Luso Brasileiro 3×0 Guarany
2º jogo – Fênix 1×0 São Cristóvão
3º jogo – Luso Brasileiro 2×0 Onze do Norte
Final – Luso Brasileiro 0x0 Fênix (1×0 esc)

Campeão – Sport Club Luso Brasileiro (São Luís – MA)

Fonte: Arquivos do Autor

Torneio Início Maranhense – 1919

Data: 08 de Junho de 1919
Local: Campo do Luso Brasileiro, em São Luís

1º Jogo – Brasil 1×0 Anilense
2º Jogo – Fênix 0x0 Vasco da Gama (1×0 esc)
3º Jogo – Luso Brasileiro 3×0 Brasil
Final – Luso Brasileiro 1×1 Fênix (3×0 esc)

Campeão – Sport Club Luso Brasileiro (São Luís – MA)

Fonte: Arquivos do Autor

Torneio Início Maranhense – 1921

Data: 03 de Julho de 1921
Local: Campo do FAC, em São Luís

1º Jogo – São Cristóvão 1×0 Nacional
Final – FAC 2×0 São Cristóvão

Campeão – Football Athletic Clube (São Luís – MA)

Fonte: Arquivos do Autor